CelebridadesColuna SocialEntretenimentoFilmesMúsicaPais e FilhosBicho Animal
Reprodução/ YouTube

5 curiosidades da biografia de Rubinho Barrichello

Rubinho sambando no pódio. Rubinho atrasado. Como bancar a carreira de um piloto. Essas e outras histórias estão na Wikipédia de Rubens Barrichello

Por Ana Carolina, publicado em 10/05/2021 e atualizado hoje.

OsPaparazzi selecionou as principais curiosidades da biografia de Rubinho Barrichello, o Rubens Barrichello, um dos principais nomes da história da Fórmula 1 e do automobilismo brasileiro. Em maio de 2021, Rubinho esteve no 8 Minutos, com Rafinha Bastos (assista abaixo), e revelou fatos pouco conhecidos do início da carreira. Como surgiu a ideia de sambar no pódio? A 'sambadinha do Rubinho'. E o meme do Rubinho atrasado? Foi no Casseta e Planeta? De origem humilde, como o pai conseguiu bancar o início da carreira de piloto no kart? Essas e outras perguntas nós apresentamos abaixo na Wikipédia de Rubinho Barrichello em formato de biografia. Também tem vida pessoal, casamento, filhos, namorada (Paloma Tocci). Acompanhe!

Biografia de Rubinho Barrichello

O nome completo é Rubens Gonçalves Barrichello. Natural de São Paulo, a data de nascimento é 23 de maio de 1972. Rubinho tem 1,72 metros de altura. Começamos lembrando sobre o início da carreira. A origem no mundo da velocidade...

O nome do pai é Rubens Barrichello Senior, o papai Rubão. Eles se parecem muito fisicamente. Veja nas fotos acima. A mãe se chama Idely Barrichello. A pergunta inicial é a seguinte: de origem simples, classe média, como é que o pai Rubão conseguiu bancar a carreira do filho? Sabemos que competição de carros não é como comprar uma bola de futebol para o filho. O investimento financeiro no esporte é altíssimo. Eis a explicação:

'Comecei muito cedo. Tenho uma lembrança com 3 anos de idade. No Parque em Águas de Lindóia. Um pacote de pipoca furou e os patos correndo atrás de mim. Corrida, velocidade. Desde muito pequeno mesmo (...) também lembro do meu avô ligando para o meu pai. Tenho um presente pra ele. Vai ganhar um passarinho. Cheguei lá e o passarinho era um kart. Ele tinha organizado para irmos ao Kartódromo. Foi amor à primeira vista. Eu morei em Interlagos minha vida inteira. Respiro velocidade desde sempre. Conheci a velocidade antes da escola', contou Rubinho a Rafinha Bastos.

Rubinho estudou na Escola Miguel Vieira Ferreira. A família tinha a Barrichello Materiais de Construção, em frente ao portão 7 do Autódromo de Interlagos. O pai Rubão teve uma conversa séria com o filho, então com apenas 8 anos de idade.

1: 'Paitrocínio' com Arisco

'Já entendi. Vou trabalhar por você. Mas preciso de duas coisas: sono e estudo. Dormir 8 horas da noite. E estudar muito. Foi assim. Da Cidade Dutra pro mundo (bairro da Cidade Dutra em Interlagos)', acrescentou. Mas como o pai conseguiu a fortuna para bancar os custos da carreira no automobilismo?

'Eu tinha 16 anos de idade. Meu pai ofereceu meu contrato para Arisco (empresa da área de alimentação). Funcionava assim: vocês pagam o processo dele até a Fórmula 1. Bancam, patrocinam por completo. Chegando lá na Fórmula 1, vocês viram 25% sócios de tudo que entrar. Se não der certo, vocês perdem tudo. E deu certo (...) o Junior, empresário e dono da Arisco, fez até uma bondade. Todo dinheiro que ganhou ele doou para caridade, se não me engano. Aquilo ali foi um divisor de águas. Uma ideia que abriu portas para outros atletas. Não teria como chegar lá. Porque é um investimento pesado', relembrou.

2: Rubinho sambando

Na entrevista para Rafinha Bastos, também explicou que a sambadinha no pódio surgiu naturalmente. O jeito brincalhão e alegre ele nunca mudou. Resolveu levar a alegria para o momento da comemoração no pódio. E se tornou uma marca. Em todas as vitórias, as equipes internacionais já pediam e aguardavam o samba de Rubinho.

3: Contrato com a Ferrari

'No meu contrato com a Ferrari, não falava que era o segundo piloto. Mas no contrato dele (Michael Schumacher) estava que ele era o primeiro. E aí? Foi assim', lembrou.

'No terceiro ou quarto ano de Ferrari, o Michael Schumacher nem testava mais o carro dele. Ah, o Rubens é muito melhor que eu pra testar. Eu ganhei muito a confiança e o respeito deles. Foram anos incríveis, uma amizade muito bacana'.

Rubinho lamentou também o episódio do acidente de Michael Schumacher. À época, ele estava esquiando com a família na Califórnia. Nas redes sociais, alguns maldosos chegaram a afirmar que as fotos de Rubinho esquiando seria uma provocação e/ ou vingança pelo acidente com o eterno companheiro de Ferrari, Michael Schumacher. 'Aquilo foi de uma maldade absurda e desumana', relembrou.

4: Rubinho, o Ayrton Senna era diferente mesmo?

'Sim, era sujeito diferente. Cara que vivia só pra isso. Vamos sair hoje? Não vou sair, não. Amanhã tenho que treino às 8h. Focado, concentrado, dedicado. No final do ano ele falava: vou ficar 3 meses fora, pessoal, não me liguem. Aí tirava férias e se desligava do mundo. No momento que estava dedicado? Esquece! Era o cara', resumiu.

Senna (Documentário)


Fotos de Rubinho e Senna.

5: Rubinho atrasado, a piada

Virou meme. Virou piada nacional. Todos brincam com essa história que surgiu no Casseta e Planeta, humorístico da Rede Globo. O Rubinho deixando ultrapassar. O Rubinho em segundo lugar, atrás do alemão. O Rubinho atrasado. E essa chacota toda?

'O cara fazer piada com algo que não é verdade é um fator muito agressivo. Ficou 11 anos no ar aquilo. Você fica brincando com o negócio do atrasado por que o cara chegou em segundo na Fórmula 1?', questionou. 'As pessoas têm o direito de fazer brincadeiras. Não posso ficar chateado com um tipo de brincadeira, porque se o país inteiro brincou com uma história, não tem muito jeito. É que poucos foram lá para verificar a verdade daquilo'.

A mágoa seria pela falta de gratidão da torcida brasileira com um piloto multi campeão. Rubinho tem trajetória impecável e vitoriosa.

'Não vamos esperar eu morrer para falar que era bom acertador (de carro). Não é que quero que falem bem de mim, mas vão esperar todo mundo morrer para que o valor seja dado ou falado. Vamos reverenciar as pessoas em vida', acrescentou.

Currículo de Rubinho

Rubens Gonçalves Barrichello esteve na Fórmula 1, de forma ininterrupta, entre os anos de 1993 e 2011. Conquistou o feito de ser o piloto mais experiente da história da F1. Na biografia tem 11 corridas vencidas (com sambadinha), das 326 disputadas. Subiu ao pódio 68 vezes. Já disputou a Fórmula Indy. E foi campeão da Stock Car Brasil em 2014. Correu pela Scuderia Ferrari de 2000 a 2005. Foi vice-campeão em 2002 e 2004.


Rubinho com o filho Eduardo, o Dudu, também piloto.

Em 2021, aos 48 anos de idade, não conseguia abandonar a adrenalina da velocidade. Corre com os filhos. Compete por tudo! Também se tornou youtuber. Apresenta um programa sobre velocidade no canal Acelerados. Também com exibição no SBT.

Vida pessoal, casamento, namoradas, filhos

Na vida pessoal, o primeiro casamento foi com Silvana Giaffone. A separação ocorreu em 2019. Fruto do casamento, tem dois filhos: Eduardo Barrichello e Fernando Barrichello. Os dois seguiram a paixão do pai por velocidade e automobilismo.


Rubinho e a namorada Paloma Tocci.

Solteiro a partir de 2019, foi flagrado por paparazzis com namoradas famosas. Em 2020 assumiu o romance com a jornalista Paloma Tocci, então apresentadora da Band. OsPaparazzi mostrou fotos de Rubinho e Paloma Tocci juntos. Os filhos se dão bem com a namorada do pai.

Fã do Rubinho?

O espaço abaixo é aberto para compartilharmos carinho com esse ícone do esporte brasileiro. Se você é fã do Rubinho e curtiu essa biografia com curiosidades, compartilhe com outros fãs que também possam se interessar. Ou com pessoas que fazem piada com o 'atrasado' sem conhecer toda a sua trajetória. Saúde, Rubinho!

Compartilhe com um amigo!

Publicado Por Ana Carolina
Apaixonada por criar conteúdo na área de entretenimento e pesquisar histórias de vida inspiradoras, Carol Oliveira é assessora de comunicação de cantores famosos e especialista na área de redes sociais. A repórter de OsPaparazzi adora aprender com as personalidades que entrevista.
Comentários