CelebridadesColuna SocialEntretenimentoFilmesMúsicaPais e FilhosBicho Animal
Reprodução/ Netflix

Cidade Invisível: vale assistir? Críticas da série

Série brasileira de Carlos Saldanha, disponível na Netflix, conta história de lendas do folclore brasileiro. Quem é quem? Crítica internacional? Saiba tudo.

Por Silas Pereira, publicado em 13/02/2021 e atualizado hoje.

Assisti à série 'Cidade Invisível' (2021) na Netflix. E conto a seguir por que vale a pena assistir. Reunimos as principais críticas sobre a série. Além de curiosidades para entender quem é quem (Cuca, Saci, Curupira, etc) nos personagens de Cidade Invisível. Gabriela é o quê? Acompanhe tudo sobre a série brasileira a seguir. Cuidado com spoilers.

Quem é Carlos Saldanha e os roteiristas da série

Carlos Saldanha é o comandante da série (com Luiz Carone e Júlia Jordão na direção). Saldanha é um nome do cinema nacional e ao mesmo tempo do cinema internacional. Esteve no internacional A Era do Gelo (Blue Sky Studios e Fox Filmes), em 2002. Repetindo a dose nas continuações 2 e 3. O filme Rio (Filme), de 2011, mostrando a natureza do Rio de Janeiro, também tem direção do carioca Saldanha. E, por fim, outra animação com sua assinatura é 'O Touro Ferdinando'.

Depois do filme 'Antes Que Eu Me Esqueça' (2018), embarcou no projeto nacional da Netflix com a série 'Cidade Invisível'. A ideia inicial era levar a magia do folclore brasileiro para as telas do mundo inteiro. Não temos os heróis da Marvel? Por que então não destacar os heróis brasileiros, como Saci, Curupira, Cuca, entre outros?

O roteiro tem a assinatura da dupla Raphael Draccon e Carolina Munhóz. Raphael Dracon é autor de Dragões de Éter e de O Escolhido Netflix, outro projeto nacional que estreou na Netflix, mostrando o Pantanal brasileiro e com gravações no Parque da Cidade, em São José dos Campos - SP. Sobre Munhóz, ela também é especialista em obras de fantasia e magia. Lançou 'O Inverno das Fadas', 'Por um Toque de Ouro' e 'O Reino das Vozes Que Não Se Calam' (com Sophia Abrahão). E é produtora e roteirista de 'O Escolhido'. Em 2021, o carioca Draccon completava 39 anos de idade. E Carol apenas 32.

Cidade Invisível fala sobre o quê?

Sinopse: Cidade Invisível é um mundo subterrâneo habitado por criaturas míticas evoluídas de uma linhagem profunda do folclore brasileiro. A série conta a história de um detetive que investiga a morte de sua esposa. Essa busca o coloca no meio de uma batalha entre dois mundos.


Os heróis do folclore brasileiro. Instagram oficial do ator Wesley Guimarães.

São sete episódios na primeira temporada. Assista na íntegra via Netflix. 1: Queria muito que você estivesse aqui; 2: É um caminho sem volta; 3: Eles estão entre nós; 4: A Cuca vai pegar; 5: Você não vai acreditar em mim; 6: Coisa de criança; 7: É muito maior do que a gente (capítulo final, com cenas do Curupira com fogo na cabeça). Os episódios têm duração de 40 minutos.

Quem é quem em Cidade Invisível

No elenco estão Marco Pigossi (Detetive Eric), Alessandra Negrini (Inês, a Cuca), Fábio Lago (Iberê, o Curupira), Wesley Guimarães (Isac, o Saci), Áurea Maranhão (Márcia, detetive), Julia Konrad (Gabriela, a esposa de Eric), Thaia Perez (a avó Januária), Tainá Medina (Fabiana), Victor Sparapane (Manaus, o Boto Cor de Rosa), José Dumont (Ciço), Jessica Córes (Camila, a Sereia Iara), Jimmy London (Tutu, o Tutu Marambá), Eduardo Chagas (Antunes, o Corpo Seco), entre outros.

Destaques para as atuações de Alessandra Negrini, a Cuca, Wesley Guimarães, o Saci, e Jessica Córes, a Iara. São sustentações fundamentais para o desenrolar da trama.

Quem é a filha de Marco Pigossi na série? Ela é Manu Dieguez, que completou 11 anos de idade em 2021. Manu Dieguez atuou na novela Carinha de Anjo, do SBT. 'É difícil ver crianças interpretando personagens mais complexos no cinema nacional. E Manu Dieguez foi muito bem com a misteriosa personagem Luna Alves'.

Cidade Invisível. Gabriela é o quê?

A personagem Gabriela Alves, interpretada por Julia Konrad, é qual Entidade na série? Ela também é protetora da natureza. Corpo Seco, a terrível entidade mística, é quem deixa Gabriela com os olhos brancos. A alma da personagem não encontra descanso. No último capítulo, Gabriela e Eric se reencontram em outro plano espiritual. A filha Luna acaba sendo o ponto inicial para morada de Corpo Seco após ser desenterrado. Sobre Eric, vale lembrar que ele é um canal entre entidade e humanos. Além de ser filho do Boto Cor de Rosa. Gabriela seria a Vitória Régia? Vamos ficar de olho.


No Instagram oficial acima, a atriz Konrad deixa interpretações abertas sobre o que é a personagem Gabriela na série.

Folclore no Brasil: as Entidades, Quem é Quem

No Folclore Brasileiro, temos personagens como Saci Pererê, Mula Sem Cabeça, Lobisomen, Boitatá, Cuca, Negrinho do Pastoreio, Iara ou Uiara, Bicho Papão, Caipora, Vitória Régia, Jurupari, entre outros. A primeira temporada de Cidade Invisível falou se Saci, Cuca, Iara, Curupira, Tutu Marambá e Boto Cor de Rosa.

Iara é a mãe d’água é de origem tupi. O nome tem o significado de Senhora das Águas. Uma sereia que atrai pescadores com as suas músicas. Atraiu o detetive de Cidade Invisível.
Cuca ganhou um estilo místico na série, se transformando em borboleta. A Cuca captura crianças desobedientes e que não querem dormir. Ela faz personagens dormirem na série e se recordarem de momentos do passado, da infância.
Boto Cor de Rosa é uma lenda da Amazônia. Também chamado de Uauiará. Nas noites de Festa Junina, o boto, animal dos rios da Amazônia, se transforma num homem garanhão e conquistador. O objetivo é seduzir mulheres e levá-las para o fundo do rio. Dizem que o Boto Cor de Rosa é pai de todos os filhos que não conhecem seus pais. Ele é pai de Eric, o protagonista da série Cidade Invisível.


Tutu e Camila em post da atriz Jessica Córes no Instagram.

Curupira, em tupi-guarani, significa corpo de menino. Um menino com os pés virados para trás. De cabelos vermelhos, como o fogo. Ele protege a fauna, a flora, a natureza. Vai assobiando e passando pela floresta com o objetivo de acabar com os caçadores e exploradores da mata. Na série ele desiste, inicialmente, da floresta e vira um mendigo de cadeira de rodas nas ruas.
Saci Pererê é o nosso Halloween. Dia 31 de outubro, nos EUA, é Dia das Bruxas. Mas no Brasil é o Dia do Saci. Também tem origem tupi-guarani. Um menino negro, de chapéu vermelho, que anda com uma perna só. Na série temos a explicação para uma perna só, voltando para a época da escravidão. O nome Isac utiliza as mesmas letras que formam a palavra Saci. Ele não fuma cachimbo na série. Mas tem os poderes mágicos com o redemoinho.

A personagem de Manu Dieguez utiliza uma garrafa para tentar capturar o saci, conforme diz a lenda folclórica. E é o chapéu vermelho que te dá os poderes mágicos. Você sabia que existem três tipos de Sacis? Pererê, Trique e Saçurá.
Tutu Marambá. Ou somente Tutu. Ele é irmão do Bicho-Papão. E irmão do Boi da Cara Preta. Que família, hein? :) O monstro ganha destaque em cantigas folclóricas (como a música 'Tutu Marambá, não venhas mais cá. Que o pai do menino vai te pegar'). Ele surge do termo africano Quitutu, que tem o significado de ogro e papão.

Críticas Cidade Invisível

Começamos com a crítica internacional sobre Cidade Invisível. O portal internacional IMDB deu nota 7.3 estrelas para a série brasileira (10 é a máxima). No Rotten Tomatoes, são 75% de tomatômetro (pessoas interessadas em assistir).

O portal Omelete deu 4 ovos de crítica (significa Ótimo. 5 Ovos seria Excelente). Com elogios, a crítica destaca o lado comercial da série de Saldanha:

'Nossa cultura, diversa como é, merece ser celebrada não só como histórias infantis, mas pela sua riqueza e fantasia. E Cidade Invisível é a prova de que dá para fazer isso inclusive de forma comercial', diz a crítica.

No Tecmundo, Flávio Coutinho também faz elogios para a produção nacional. O destaque da crítica foi para a fotografia. Vale lembrar que houve gravações no Rio de Janeiro e também em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. As praias de Ubatuba e a natureza de Ubatuba dão um charme especial para a trama.

'Episódios foram gravados no Rio de Janeiro e misturam o misticismo ao mundo atual de uma forma muito sutil. Para desvendar a identidade verdadeira das personagens, cenas de rituais se transformam em um piscar de olhos em eventos do cotidiano', diz a crítica.

No portal Adoro Cinema, os usuários deram nota 4.4 estrelas para a série (5 seria a nota máxima). A crítica Bárbara M. destaca a atuação de Fábio Lago, o Curupira. E lamenta a ausência de gravações nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, berço de tantas histórias do folclore brasileiro.

3 razões para assistir Cidade Invisível

1: Prestigiar os filmes brasileiros. Se você é fã do cinema nacional, precisa assistir à série. Carlos Saldanha, um nome tão experiente. Ao lado de jovens talentosos como Raphael Draccon e Carolina Munhóz. Drama, suspense, mistérios. Os ingredientes estão todos aí. Bora assistir!


Desenho que a atriz Alessandra Negrini recebeu. Carinho com a personagem Cuca.

2: Compartilhar com adolescentes e jovens. A classificação indicativa da série é 16 anos de idade. Então mostre para os fãs de Harry Potter. Os jovens que se encantam pelos mistérios sobrenaturais de filmes de Hollywood, agora podem se encantar pelo sobrenatural do nosso folclore brasileiro. Minha sobrinha, por exemplo, não conhecia a história do Boto. Adorou!
3: Qualidade e Elenco. As críticas acima comprovam a qualidade do produto. E o elenco é impecável. Elogiar Marco Pigossi e Alessandra Negrini seria chover no molhado. Então destaco aqui o trabalho da atriz Jessica Córes, a Camila, como a sedutora Iara. Atuação gigante! Mostro o Instagram oficial dela neste artigo. Merece ficarmos de olho nessa biografia.

Já assistiu? Entendeu o final?

Se você já assistiu, compartilhe com seus amigos que também possam se interessar pela série. Entendeu o final da primeira temporada? O último capítulo é repleto de mensagens abertas para interpretações. O Corpo Seco sai do corpo de Eric. Vai pra onde? Márcia está preocupada com o amigo. Isac morreu mesmo? Somente Camila e Cuca sobreviveram? Ou as Entidades vão retornar? O espaço abaixo é aberto para comentários. Compartilhe o que você entendeu do final da série.

Cidade Invisível 2 Temporada

Aguardamos o lançamento da segunda temporada de Cidade Invisível com capítulos inéditos. Queremos mais personagens do nosso folclore! Mais surpresas! O que vai acontecer com o Eric? Você entendeu o final com ele na temporada 1? A filha Luna vai voltar a ter poderes com o Corpo Seco? Estaremos de olho na Temporada 2.

Compartilhe com um amigo!

Publicado Por Silas Pereira
Jornalista e copywriter, Silas Pereira coleciona boas histórias para contar. Na área do entretenimento, joga no Cinema Nacional Futebol Clube. Estuda produções audiovisuais nacionais e abre debate com seus autores e realizadores. Para contato, siga @silaspereira no Twitter
Comentários